História

Histórico das Conferências

As Conferências Nacionais da OAB surgiram com o propósito de criar um espaço de reflexão sobre as questões que envolvem a profissão de advogado, proporcionando o acompanhamento da evolução do Direito brasileiro e sua relação com os problemas que se destacam no cenário político-social do país. Também representam um dos principais instrumentos que viabilizam a participação da Ordem no processo de democratização nacional. Em mais de cinco décadas, a OAB já realizou 22 Conferências Nacionais. A primeira, realizada em 1958, teve importância pelo seu pioneirismo ao conclamar a sociedade civil a discutir os problemas que envolvem a Justiça brasileira. Foi a partir daí que a opinião pública passou a entender a OAB como uma entidade representativa de seus questionamentos e anseios.

Nos anos seguintes, diversos temas de interesse da classe e da sociedade foram abordados nas Conferências: Direitos Humanos, Ética, Democracia e Justiça, Estado Democrático de Direito X Estado Policial, entre outros.

A atuação sempre firme da advocacia brasileira e de sua entidade de classe - a Ordem dos Advogados do Brasil -, permeia todas essas questões e se fortalece com os desafios cotidianos impostos ao país.

Histórico das Conferências